Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘consciência’

Mia, em 1982

Mia, em 1982

A estrela de filmes como O bebê de Rosemary ou A rosa púrpura do Cairo, Mia Farrow, desperta curiosidade. Não tanto quanto desejaria, mas já tem o bastante, fato.

Ex-mulher de Frank Sinatra e também de Woody Allen, hoje , com 64 anos [e solteira], a atriz é a  musa da Fome. Sim, da fome.  Mia luta há anos contra a situação das crianças em diversos países africanos, o que lhe rendeu uma nomeação como embaixadora da boa vontade, pela Unicef.

Na tentativa de chamar a atenção da imprensa e do público, Mia Farrow passou 12 dias em greve de fome, encerrando recentemente e pondo em seu lugar, estranhamente, o bilionário Richard Branson. Tudo pela situação de quase morte que 4 milhões de pessoas em Darfur atravessam desde que órgãos de ajuda humanitária foram expulsos após a Corte Criminal Internacional emitir um mandado de prisão contra o presidente do Sudão, Hassan al Bashir, acusando-o de ser  autor intelectual de massacres e deportações na região.

A questão envolve muita coisa, como sempre. Celebridades e bilionários não são simplesmente admirados ao se envolverem nesse tipo de questão. A questão, às vezes fica até esquecida por conta do envolvimento deles. E nada muda sem eles.

Fatal é a situação vivida lá e sequer lembrada para os lados daqui.

Cada um no seu quadrado?

Read Full Post »

O assunto é mais sério do que querem os leigos e os próprios homossexuais. Não se pode mais encerrar em quartos escondidos ou esquinas desertas, nem entre as amizades mais íntimas, os tempos são outros – tempos que exigem tomadas de atitudes.

Algumas décadas atrás nem se podia falar em legitimização dos direitos dos homossexuais – posto que o legítimo era a ridicularização.  Hoje, se faz urgente. O Brasil é reconhecido mundialmente por ser um dos países que mais possui homossexuais discrimina homossexuais, e isso se deve em muito à completa ausência de leis que velem pelos direitos desta minoria. Tramita em Brasília um projeto de lei que tornaria crime a discriminação a homossexuais, o PCL 122/06 – lei obviamente necessária para diminuir a intolerância.   O triste? O empenho de líderes e políticos cristãos em barrar a  aprovação da lei.

Quando nos voltamos para o passado e pensamos a Escravidão ou mesmo a exclusão da mulher em vários fatores da vida social a idéia que se tem é de algo irracional, inexplicável, medieval. Não é nem um pouco leviano, pois, acreditar que daqui a algumas décadas o tratamento hoje dispensado a esta minoria também seja visto como grotesco, animalesco. Ou você acha natural que casais gays sejam expulsos de locais públicos, por exemplo, apenas por demonstrarem simplesmente…  ser um casal gay?

Não tem nada a ver com “Brokeback Mountain”, “Milk”, “Kate Perry” ou “The L Word”, não é questão de moda, temporária, como muitos imaginam. Na verdade, é o inverso.  Se se faz tão presente na grande mídia, é porque já está mais que inflamado na vida das pessoas. Olhe ao seu redor, quantos gays, bissexuais, transsexuais você conhece? E todas estas pessoas, que direitos têm? Quais são as suas garantias?

Se for para dar um palpite, eu diria que não importa se você ainda tem preconceito, se você ainda rejeita a idéia. A sexualidade humana vem mudando e a tendência é que só se modifique. Fins reprodutivos? Moral Cristã? Alguém ainda pensa nisso quando se refere ao sexo? Sim, sim, alguns sim. Mas estes serão deixados pelo caminho, esmagados pela enorme avalanche que é nada mais que o tempo, que a História, que a natural evolução humana.


Quem viver, verá.

Read Full Post »