Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Setembro, 2009

rascunho com calor I

marinasilFoi um susto descobrir que aqueles olhos afundados em duas longas e espessas sobrancelhas que apareciam a cada 30 segundos na televisão são da Marina Silva. Digamos que ela seja assim, “natural”, daí o excesso de pêlos e a despreocupação com a beleza que tanto lhe falta. Enfim. A presidenciável não tem os olhinhos azuis da Merckel e nem o botox da Kirshner, então nem sonhemos com uma Bruni para o Brasil.

O fato é que ela parece ser a luz no fim do túnel para a presidência do Brasil e se apresenta como imaculada política. Realmente, seu nome não está envolvido em nenhum desses tão abrangentes casos de corrupção que assolam o país há tempos. Entretanto, omitir-se não é um direito que um representante do povo tem.

Foram aproximadamente 30 anos no PT, ou seja, no período dos maiores escândalos (mensalões, Palocci, cueca e Zé) ela era uma afiliada ativa (Senadora, Ministra) dentro do partido, mas nunca sentiu-se lesada ou mesmo com um pouco de vontade de abandonar os amigos de longa data.

Entretanto, quando já exisitia algum movimento que pedia a candidatura da então Ministra do Meio Ambiente à Presidência e um concomitante choque com a já declarada candidata Dilma, Marina mandou o Partido dos Trabalhadores às favas (filiando-se ao Partido Verde) para transformar-se na Guerreira (com a licença do termo próprio de Roseana) Amazonense que vai salvar o mundo.

Debates e entrevistas virão, resta ter a esperança que Marina Silva vai responder todas as questões referentes ao seu passado. O futuro: a Presidência.

E uma pinça, por favor. (Ou então uma aparador de grama, não se sabe como tá o crescimento dos pelos no restante do corpo.)

Anúncios

Read Full Post »

Quão mais divertidas seriam as partidas de futebol se a torcida invadisse o gramado a cada vez que não concordasse com a decisão do árbitro! Eu seria o primeiro a querer impor minha opinião. Quando o juiz marcasse o impedimento de algum gol de Obina, lá iria eu, com o dedo em riste, gritar na cara do juiz, estupefato, que o Palmeiras é o melhor time do mundo. Totalmente sem noção!

Mas não tão sem noção quanto, no meio de uma das maiores premiações da música pop do mundo, o VMA, Kanye West interromper o discurso de premiação de Taylor Swift, por melhor clipe feminino, arrancando o microfone da pobre garota para dizer que outra, Beyoncé – sua amiga, por sinal – deveria ter vencido porque o dela é o melhor clipe de todos os tempos. Não vejo algo parecido desde o primário.

Que vergonha alheia!

Não sei o que levaria um marmanjo como Kanye West a querer estragar o momento especial de uma garota tão adorável. Infantilidade? Frustração? Racismo?

Read Full Post »